“Embaixadores pela Biodiversidade” é apresentado em escola de Torres Vedras

A Escola Secundária Henriques Nogueira, em Torres Vedras, deu as boas-vindas ao “Embaixadores pela Biodiversidade”, no passado dia 2 de junho. O professor José Carlos Ferreira, do Departamento de Ciências e Engenharia do Ambiente, foi recebido pela professora Rita Costa e uma plateia de 90 alunos a quem foi apresentado o projeto de literacia oceânica e costeira.

Desenvolvido pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, o “Embaixadores pela Biodiversidade” decorre no âmbito da candidatura ao Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (PO SEUR), elaborada pela Câmara Municipal de Torres Vedras e pela Câmara Municipal da Lourinhã, e tem como principais objetivos contribuir para o aumento da literacia sobre biodiversidade local, dar a conhecer as tradições locais e sensibilizar para comportamentos sustentáveis em meio costeiro e marinho.


Entre 2017 e 2018, o projeto irá desenvolver-se em três eixos de ação principais: a exposição itinerante, que será inaugurada em setembro e se movimentará pelas escolas dos municípios; o projeto educativo, que arrancará em setembro e terá como objectivo a revisão dos conteúdos curriculares nas escolas; e as ações de sensibilização, que já se desenvolvem desde março no terreno, com recrutamento e posterior formação de voluntários.


Seguindo o lema de que só “acarinha quem conhece”, o “Embaixadores pela Biodiversidade” destaca-se por incentivar a participação ativa da comunidade local, formar cidadãos ambientalmente responsáveis bem como capacitar agentes de mudança e promover a apropriação do projeto pela comunidade local. Afinal, como o provérbio chinês diz “Diz-me e eu esquecerei, ensina-me e eu lembrar-me-ei, envolve-me e eu aprenderei.”

Para mais informações podem ser consultados o site (https://em-bio.wixsite.com/embio) e a página de facebook (https://www.facebook.com/Embio2017/?fref=ts).