Destaques

Joana Antunes, investigadora do MARE e aluna de doutoramento da NOVA FCT, deu uma entrevista no Primeiro Jornal da SIC sobre os perigos dos nanoplásticos.

12-01-2024

No dia 19 de Abril o Departamento de Ciências e Engenharia do Ambiente, participou na EXPO FCT por onde passaram mais de 8.000 estudantes. Foi um evento onde se esclareceram os futuros estudantes e se mostrou a essência da escola. Esperamos por vós, já no próximo ano letivo! Até breve!

21-04-2023

Eventos

INVESTIGAÇÃO

Centro de Investigação em Ambiente e Sustentabilidade
Centro de Investigação em Ambiente e Sustentabilidade

Investigação interdisciplinar em ciências e engenharia do ambiente, sobre a interação entre os sistemas naturais e humanos, para promover o desenvolvimento sustentável.

Centro de Ciências do Mar e do Ambiente
Centro de Ciências do Mar e do Ambiente

Centro de investigação científica, desenvolvimento tecnológico e inovação, com uma abordagem integradora e holística, concentrando grande diversidade de valências, capacidades e meios, tendo uma implantação territorial de âmbito nacional e desenvolvendo as suas atividades de investigação orientadas para os problemas e desafios da sociedade, em estreita parceria com centros de investigação nacionais e internacionais.

Conheça o DCEA

Conheça o DCEA

O Departamento de Ciências e Engenharia do Ambiente (DCEA) da NOVA School of Science and Technology | FCT NOVA, criado em 1976, foi pioneiro no ensino da Engenharia do Ambiente integrando competências fundamentais de diversas engenharias, como a matemática, a física e a química, de áreas científicas, como a ecologia e a economia do ambiente, e novas tecnologias ambientais e digitais, assumindo a interdisciplinaridade como a sua principal marca.

Com um corpo docente de 36 professores doutorados, 70 investigadores, 10 técnicos e quatro colaboradores administrativos, o DCEA acolhe dois centros de investigação (CENSE e MARE) como pilares do ensino e do conhecimento que promove, trabalhando diariamente para concretizar a sua missão: Recentrar a Engenharia do Ambiente no Século XXI, como competência central no mercado de trabalho; motor de investigação, desenvolvimento e inovação; promotora de mudanças societais.

Dotado de laboratórios de ensino e investigação, suportado por projetos de investigação nacionais e internacionais, com a indústria e organismos de política pública, o DCEA assegura a formação de Engenheiros do Ambiente de elevada qualidade científica e técnica, preparados para o mercado nacional e internacional, numa vasta gama de funções e responsabilidades, incluindo a promoção do próprio emprego a partir de programas de inovação que gere como o Climate-KIC.